Segredos de um relacionamento gay – Coisinhas do dia a dia

 

 hv196650pu5 É muito legal e cômodo você antes de sair, perguntar ao seu caso:
Essa roupa está legal ?
– Sei não acho que a camiseta não está combinando, coloca aquela verde …
E as horas, os dias, os anos passam e você sempre perguntando a opinião dele para isso ou para aquilo ….
Você não percebe mas você esta se anulando para fazer as vontades do seu parceiro, muito péssimo isso,  você não tem idéia das conseqüências dessa atitude, criasse uma dependência, para tudo, qualquer situação que você tenha que tomar uma decisão sozinho, vira um problema sem solução .
Outra situação bem negativa em um relacionamento é quando o seu parceiro é muito entrão, palpiteiro, talvez ele até faça sem perceber e com o intuito de ajudar, ele não percebe mas inconscientemente está impondo para as vontades dela para vc ….

lih Entre eu e Mariposo-R, já aconteceu as duas situações, com um pouco de diplomacia cortei as duas …
A ultima vez que aconteceu isso, foi quando fui trocar meu óculos, gostei de um modelo, mas ele achou que um outro ficava melhor em mim … fui pela cabeça dele …. e sabe o que aconteceu enquanto não troquei esse óculos novamente chingava Mariposo-R o tempo todo.
Agora você me fala, nossa Mariposo, que idiota isso, e eu te respondo, é dessas pequenas coisinhas no dia a dia que os relacionamentos phodem ….
Imagina varias coisinhas te incomodando …. isso vira um tsunami em um relacionamento …

6 comentários sobre “Segredos de um relacionamento gay – Coisinhas do dia a dia

  1. Hey, Mariposo!Entonces…. perguntei a opinião porque estou satisfeito sim… mas, tem aquele lance de a gente precisar do olhar exterior para saber se o negócio está bom mesmo ou se é apenas a nossa visão que embaça tudo. (Às vezes, eu preciso de confete também hahahahahaha). Por enquanto, devo deixar ele. Mas, é sempre bom ter links sobre templates. Concordo com você em relação à anulação e você percebe q isso tem um pouco de relação com o meu pedido de opinião? Você, às vezes, espera aprovação do outro, do mundo, das pessoas. Talvez, o outro também precise ter noção/visão de quando o que o parceiro quer ouvir é "Está lindo, amor!", sem que ele aja apenas impondo a sua vontade. É uma dinâmica interessante…=]

  2. Engraçado ler este post. Muito do que voce falou é mais pura verdade… Meu relacionamento tambem de quase 9 anos terminou a uns 2 meses atras, meu parceiro alegou q ee estava se anulando na relação, que ele queria viver a juventude dele.Agora de fora do relacionamento vejo que realmente não só ele, mas eu tb estava anulado na relação… enfim, sucesso pra vcs 2.

  3. Hellow Mariposo… eu acredito que essas coisas todas que vc escreveu na realidade so parecem pequenas quando não as estamos vivenciando… mas em qqr relacionamento sempre rola uma coisa ou outra ou as duas e ainda bem q vc soube tirar de letra…Eu procuro me policiar pq su mandona e gosto de tudo a meu modo… sou tããããoooo controladora que faço ele pensar que está decidindo, acabo fzndo ele escolher o que eu quero… ninguém muito menos ele me leia aqui… que feio admitir essas coisas "lado b"…hahaha Lendo seu post anterior eu fiquei rindo e achei graça de mim mesma sabe… eu sempre ficava imaginando como seria se eu gostasse de mulher e como seriam as abordagens na hora da paquera, como vc sabe que pode chegar numa mulher (no seu caso em um homem) entende?! ngm vem com crachá né e tipo imagina chegar numa mulher e levar um passa fora… eu pensava nisso quando era adolecente… sei lá se é pq sou meio timida na "vida real" ficava pensando se eu ia me virar bem.. aff vou embora daqui pq cmeço a confessar coisas qd entro no teu blog… eu curto ele demais!bjks

  4. Pois sim, vou concordar lembrando que o problema mais profundo é que queremos ser agradaveis ao outro, usamos mascaras e sem perceber atuamos aquel papel da submisão que aprendemos na familia/escola, etc… Mais uma vez vivendo junto, compartilhando, a relação precisa ir em frente, pois o convivio necesita a participação de ambos verdadeiramente. Certeza axistem momentos que nos aceitamos em livre arbitrio ser anulados, mais isso depende de nos mesmos… em pequenas doses tudo bem, mais exagerando não satisfazendo realmente a nos mesmos, autolimitando nossas vontages, acumula pequenos sentimentos de amargura que se traduzem como [eu me sacrifiquei e aceitei sua vontage, e vc não reconhece isso…] até que um dia, chega … depende de nos, ser expertos e evitar isso acontecer… Saudade de leer seu blog….

  5. Gustavo " esperar aprovação" , não seria um pouco de falta de personalidade, insegurança ???? Puts tudo se mistura …Fabiano, como falei essas pequenas coisas vão se acumulando … na hora que explode, pequenas coisas se tornam verdadeiros tsunamis ….

  6. Prin, sobre as abordagens, acho que agente acaba tendo uma maior sensibilidade para essas coisa, hoje em dia até tem um nome horrível para isso "gaydar" , e vai por mim acaba dando certo :)Alximist , saudades de você 🙂 Mas vc falou tudo ai , tem que haver um relacionamento sincero, mas é muito cômodo e fácil ser submisso, mas não devemos deixar que isso aconteça, pois seu amor vai moldar vc da forma que ele gostaria , isso não é bom … pois a diferenças é que fazer um relacionamento fluir…..

Obrigado volte sempre :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s