Em algum lugar do passado – V.01

Em algum lugar passado eu ia para escola ou no colégio, e sempre encontrava a seguinte situação:

CollegeGoWeek

Um ou vários alunos que talvez pela sua necessidade de auto afirmação ( todo jovem precisa disso dentro de um grupo ), sempre gostava de ser o “gostosão” o “ fortão ”, e claro que para ele(s) satisfazerem essa sua necessidade, eles encontravam algum aluno, vamos dizer mais sensível, super protegido por pais e mães e nem preciso dizer que a “ala” dos fortões caiam de pau no “coitadinho”, mas nada que uma “suspensão” não pudesse resolver. Pronto tudo “acabava”.
Mas nossa sociedade é meio “ biruta ” e deu um jeito de renovar e até mesmo divulgar isso na forma de “ *BULL!NG ”, chic né e até tem nome em “ingreis”, sai em tudo que é noticiário de TV, revistas e blog’s, enfim um Marketing danado, dando ênfase a esse pratica. Até eu fui fuçar “O que é bull!ng”, afinal virou moda, e para meu espanto, descobri que era aquelas situações inconvenientes em que algum aluno “ babaca ” era escolhido para bobo da corte, mas que como falei eram resolvidas por “Pais e Diretores”.

pastor

Mas como hoje em dia *BULL!NG é moda é chic é o must vamos “bull!ngu!ná” todo mundo .
Concluindo, acho que há uma grande falta de sensibilidade nas diversas fontes de informação ( Tv, jornais, blog’s ) sobre esse tema, estão dando tiros no próprio pé, pois será que não percebem que todo jovem nessa idade tem necessidades de auto afirmação dentro de um grupo, é uma fase em que tudo influencia ( caderno do Ben10, sapato da Hanna Montana, foto dos atores de Lua Nova, enfim por vai. E porque não *BULL!NG, isso sem contar que até os que não faziam agora fazem pois viram BULL!NG na Tv, Jornais ou blog’s .

roessler-mick-sheep-grazing-new-zealand
Esse tipo de coisa me lembra aquela cena em que simpáticas ovelhas estão pastando em um lindo gramado verde com montanhas com seus picos cobertos de neve, mas de repente um cão no lado esquerdo late e o bando todo de bucólicas ovelhas acéfalas saem desembestadas para para o lado direito ….
(*) alterado a forma de escrita para não aparecer em termos de busca .

7 comentários sobre “Em algum lugar do passado – V.01

  1. O Serginho Groisman estava falando bastante sobre esse assunto no programa dele… precisa-se tocar mais neste assunto porque muitos jovens tem sido vitimas dessas atrocidades!

  2. Adorei esse post. E esse termo pra mim é novidade e confesso que nunca tinha ouvido falar. O maior problema, é que inventam um nome chic pro problema quando na verdade, poderiam inventar um método de banir essas coisas nos colégios. Acho que é mas fácil e conveniente inventar nome pro problema em vez de resolver. Isso no Japão tem nome, é Ijimee. Lá acontece muito isso….deve acontecer no mundo inteiro….infelizmente.Abraços!

  3. perfeita esta sua colocação … a história nos mostra que o mundo de hoje, no que concerne aos comportamentos humanos não mudou nada … tudo o que acontece hoje acontecia antigamente … o que muda então? mudam os rótulos, os discursos hipócritas de quem adora um espaço na mídia como doutores e especialistas, de jornalistas em busca de hibope, de pais e professores que não querem assumir seus papeis e responsabilidades, e de um bando de cabritos e cabritas que em vez de ficarem pastando sossegadas, ao menor latido do cão da moda, saem balindo sem saber o que e o porque …bjux aos mariposos R&L e claro ao baby;-)

  4. Ontem foi o último dia de uma blogagem coletiva (que eu perdi btw) no maeetudoigual.com.br. sobre o Bullying. Porque vc. não aproveita e faz uma tb., daí eu posso participar. Gostei do lay do blog. Sobre o Blogger, pq. vc. migrou? bjs…

  5. Boa tarde, faço parte da produção de um filme brasileiro com temática gay. Este estreiará em outrubro. Se possível, gostaria que vc me respondesse via email para conversarmos sobre uma possível matériaedu.godoii@gmail.comabracos!

  6. Olha, quando vi seu comentário dizendo que "não acredita em movimentos na net" achei muito engraçado. Nunca promovi uma coletiva com o intuito de que "acreditassem" nela. Não é uma religião, nem corrente política ou doutrina filosófica. A blogagem coletiva é uma maneira, até hoje interessante para mim, de falar sobre um tema qualquer e conhecer diferentes pontos de vista aliada a oportunidade de conhecer gente nova. Gente que dificilmente eu leria continuando no meu blog falando sozinha. Prova disso é este seu post, que diz a verdade. Bullying é um nome novo para uma prática ancestral e a afirmação lúcida vem de um blog que eu não conhecia. Obrigada pelo link, hoje ainda aparecerá na lista.Abraço

Obrigado volte sempre :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s