Férias estendidas

 

estendidaVou criar uma nova modalidade de férias … as férias estendidas …. eu mereço 🙂
Cruizcredo, parece que quando volto das férias, tenho que cumprir compromissos duas,  três ou mais vezes o tempo que fiquei de papo para ar … assim não dá … ninguém merece …
Vou tentar explicar minha “súbita”  sumida do blog ….

Minha mãe tem 82 anos com  Parkinson , e só piorando .. piorando e eu questionando o médico. Só recebia a seguinte resposta ….
Médico – Vamos ter que AUMENTAR a dosagem dos remédios ….
Eu – Mas doutor .. ela piora muito mais quando toma os remédios ( fica alucinada )
Médico – Demência é consequência do Parkinson [ Juro me segurei para não encher a cara dele de porradas quando ele falou isso para mim na frente da minha mãe ]

duvida-cruel-02Depois, disso comecei a pedir indicação para todo mundo de algum medico especializado em Parkinson, sem sucesso, foi quando liguei para uma associação de Brasil Parkinson e pedi indicação de médicos, que me deu vários médicos, escolhi o mais próximo de casa .
Na consulta foi feita as seguintes observações :
Um dos remédios que ela tomava a anos foi retirado  … não pode ser dado para idosos
A medicação não poderia ser dada junto com as refeições .
A médica trocou a medicação, deu instruções de como dar, pediu um monte de exames ..
O resultado posso falar agora que minha mãe nasceu novamente, está saindo,  para jantar, indo a lojas para comprar roupas, o tempo toda lúcida  … só falta mesmo ir para a balada …
Para mim está um período magico, a família toda está  curtindo essa nova fase da minha mãe  …
Mas porque estou escrevendo isso ….
Simples para falar para vocês … não acreditem … duvidem de tudo, não acredite cegamente em nada, questione … não aceite as imposições da vida cegamente ……
Bom espero com isso ter explicado meu sumiço da blogosfera …    

bora .. agora passar em todos os blog´s Alegre

7 comentários sobre “Férias estendidas

  1. Olha, a minha mãe tem outro tipo de problema de saúde e passou pela mesmíssima situação: o 1º médico que examinou ela deu um diagnóstico errado e receitou um remédio que não tinha nada a ver com o problema dela. Por sorte, não produziu nenhum efeito colateral, porque era um remédio fraco.Mas concordo com você, principalmente em relação a médicos: a gente nunca pode dar ouvidos só à 1ª opoinião que a gente ouve. Consulte pelo menos 3 especialistas no assunto. Se os 3 falarem a mesma coisa, aí sim você pode seguir o que é dito.

  2. Boa tarde, tudo bem?Olha, meio ao acaso (se é que isso existe) passei por aqui… não tenho muito o que comentar, ainda me sinto estranho. Queria, no entanto, pedir desculpas a você por certas coisas que meus amigos médicos costumam fazer. Não existe razão alguma no mundo que possa ser alegada para justificar um descaso desses. É verdade estabelecida primariamente que muitos dos medicamentos para Parkinson não são indicados para nossos queridos idosos. Além do que a principal função de todo médico (assim penso, como um que sou) é, antes de tudo, o cuidar. Essa terapêutica tacanha calcada essencialmente na medicalização da doença é o pior mal que se encontra entranhado na medicina.É isso. Abraços

  3. Eu fico tão triste e mais preocupado quando leio/ouço depoimentos como esse. Acho que as primeiras provas do vestibular pra medicina deveriam ser a psicológica e vocacional [escrita e oral] e deveriam ser eliminatória.Eliminaríamos tantos loucos por aí.Bjaum.

Obrigado volte sempre :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s